domingo, 7 de agosto de 2011

Veja, passo a passo, como funciona a doação de medula óssea no Brasil:


· É preciso ter entre 18 e 55 anos de idade e boa saúde (ver condições na sessão “Doação de Sangue”);


· É necessário se cadastrar como doador voluntário em um Hemocentro
· No cadastramento, os voluntários doam apenas 10 ml de sangue; 


· Essa amostra passa por um exame de laboratório, chamado teste de HLA, que determina as características genética do possível doador; 


· As informações são colocadas em um cadastro nacional, o REDOME, ou Registro Nacional de Doadores de Medula Óssea; 


· Quando alguém precisa de transplante, os técnicos do Redome fazem a pesquisa de compatibilidade por entre os registros de todos os doadores cadastrados; 


· Se for encontrado um doador compatível, ele será convidado a fazer outros exames de compatibilidade genética. Se o perfil coincidir com o do paciente que precisa do transplante, o voluntário decide se realmente quer doar; 


· Durante a doação, o doador recebe anestesia geral. Com uma agulha, a medula é aspirada do osso da bacia; 


· A quantidade de medula doada é de apenas 10% da medula total. Em 15 dias ela já estará recomposta.

Nenhum comentário:

Postar um comentário