quarta-feira, 16 de novembro de 2011

HEMOFILIA: O QUE VOCÊ PRECISA SABER



O que é hemofilia?


É uma alteração genética e hereditária no sangue, caracterizada por um defeito na coagulação. O sangue é feito por várias substâncias, onde cada uma tem uma função. Algumas delas são as proteínas chamadas fatores da coagulação, que ajudam a estancar as hemorragias. Esses fatores trabalham como uma equipe, onde cada um tem seu momento de ação, passando instruções ao seguinte.

Como cessa o sangramento?



O sangramento ocorre quando a parede do vaso (artéria ou veia) se rompe, "libertando" o sangue. Assim que o sangramento começa, os vasos se contraem, diminuindo seu calibre, e as plaquetas aderem às bordas do "furo" formando um tampão provisório sobre o qual os fatores de coagulação agem, formando o coágulo que interrompe o sangramento. Pessoas que têm hemofilia não têm um desses fatores de coagulação ou um deles não funciona adequadamente e não têm a capacidade de formar o coágulo. Desse modo, o sangramento não pára.


Quais os sintomas da hemofilia?


Os sintomas da hemofilia são os sangramentos, principalmente dentro das juntas e dos músculos. As pessoas com hemofilia grave têm hemorragias espontâneas, ou seja, repentinas e sem causa aparente. As simples atividades normais da vida diária como caminhar e correr podem produzir hemorragias.


Em quais locais do corpo pode-se sangrar?


Em geral o sangramento é interno, aonde você não pode ver, como nas articulações e músculos, ou externo, através da pele quando ela é machucada, aparecendo manchas roxas ou sangramento; as mucosas (gengiva, nariz, etc.) também podem sangrar. Os sangramentos podem ocorrer após um trauma ou sem uma razão aparente. Cortes ou escoriações na pele necessitam de maior tempo para cessar os sangramentos do que em outras pessoas.
Quais as articulações e músculos mais comumente afetadas?


Articulações: Ombro, cotovelos, quadril (coxa-femural), joelhos e tornozelos. Músculos do braço, antebraço, coxa, perna e o músculo íleo-psoas.


As hemofilias são iguais?

Não. Os sangramentos são iguais nas hemofilias A e B. No entanto, a gravidade dos sangramentos depende da quantidade de fator circulando no plasma. Se a pessoa não tem o fator VIII ou IX, sua hemofilia é grave. Se tem uma pequena quantidade de fator, sua hemofilia é moderada e se a quantidade é um pouco maior do que na hemofilia moderada porém menor do que a quantidade necessária para a formação de um coágulo adequado, sua hemofilia é leve.


Como é um serviço de hemofilia?


É um serviço de saúde que reúne profissionais de diversas áreas: hematologia, clínica geral, pediatria, odontologia, enfermagem, serviço social, psicologia, fisioterapia e qualquer outra área necessária.


Como a hemofilia é tratada?


Na vigência de sangramento, é aplicado o concentrado de fator de coagulação específico. Dependendo da localização e extensão do sangramento será programada a continuidade do tratamento.


Que cuidados deve-se tomar?


A avaliação anual com todos os profissionais do serviço de hemofilia permite a observação de pequenos problemas em seu início, possibilitando medidas preventivas e até mesmo corretivas para não se transformarem em um grande problema futuro;
Fazer todas as vacinas recomendadas - a vacinação é uma forma eficaz de prevenir doenças e é a única exceção para aplicações de injeção muscular no hemofílico;
A prática de esportes de forma responsável e cuidadosa para manter a boa saúde deve ser incentivada. No entanto, os traumas desnecessários devem ser evitados. Assim, esportes radicais, de contato e treinamentos para competições não devem ser praticados pelos hemofílicos;
Utilizar somente os medicamentos recomendados pelo médico.

http://fundacaohemoba.blogspot.com/
*

Nenhum comentário:

Postar um comentário